Header Ads

Cracker é preso e diz que a crise reduziu seus ganhos com golpes

(Foto: Polícia Militar)

Weber Alves de Oliveira de 30 anos, foi preso pela polícia militar de Goiânia, suspeito de invadir contas bancárias pela internet. De acordo com o aspirante Marques Neto o suspeito disse: 

“Já cheguei a conseguir R$ 40 mil de uma vez, mas, com a crise está pegando a todos, nem nós [hackers] estamos conseguindo tirar muito nesses golpes”.

O suspeito foi preso no apartamento onde mora, no Setor Sudoeste, em Goiânia, na noite de terça-feira (31). No local, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) encontraram diversos cartões de créditos clonados, além de máquinas usadas para a clonagem, boletos bancários, um computador e uma quantia não especificada em dinheiro.

Ainda segundo a PM, Weber já tem passagens na polícia por associação criminosa, fraude, tráfico de drogas e estelionato. Ainda não há informações sobre a quantia dos desvios atribuídas ao suspeito.

Ele também tinha dois mandados de prisão em aberto, que foram expedidos pela Polícia Federal. Segundo a corporação, Weber é suspeito de integrar um grupo de “hackers” com atuações em São Paulo e Rio de Janeiro.

Fonte: Jornal Floripa 
Tecnologia do Blogger.