Campus Party Bahia

Ads Top

Top 5 Certificações de Segurança para 2017

Certificações de Segurança para 2017
(Certificações de Segurança para 2017)

Ataques, falhas de segurança, vazamento de informações, empresas sendo hackeadas. O número de ataques cibernéticos só aumenta e com ele sobe junto a preocupação das pessoas e empresas com relação à segurança da informação. A necessidade de profissionais com Certificações de Segurança no currículo nunca foi tão alta, e o futuro promete ainda mais demanda para quem é especialista na área.

Uma pesquisa recente da McAfee mostra que a maioria das empresas nos Estados Unidos, Asia e Europa está realmente preocupada e que existem vagas abertas para profissionais certificados e especialistas na área.

Se você está à procura de um belo desafio profissional e gosta de segurança da informação, então veja estas 5 certificações de segurança mais valorizadas no mercado atualmente, prepare-se, estude com estratégia e certifique-se.

CISSP – Certified Information Systems Security Professional

O Eldorado das Certificações de Segurança.

Trata-se, das certificações de segurança, a mais reconhecida mundialmente. No Brasil somos menos de 423 certificados

Hoje um certificado CISSP no currículo garante destaque na carreira e a possibilidade de acesso às maiores e melhores empresas do mundo.

A prova é tensa: 250 questões em 6h de duração, fora que, após passar na prova, você tem que enviar informações que comprovem sua experiência prévia em Segurança da Informação.

Impossível de tirar? Definitivamente não se você estudar com foco e inteligência, usando um bom método de estudos

CISA – Certified Information Systems Auditor

O CISA é uma Certificação de Segurança oferecida pela ISACA (Information Systems Audit and Control Association) e como o nome diz, esta Certificação é focada no controle, auditoria e monitoramento de segurança dos ambientes de TI.

Se você pensa em tirar o CISA, saiba que deve preencher os requisitos de ter, no mínimo, 5 anos de experiência em infosec e tirar mais de 450 pontos no exame (que vai até o máximo de 800).

Reconhecida mundialmente, o CISA é um requisito fundamental para quem quer trabalhar com auditoria de sistemas de informação.

CISM – Certified Information Security Manager

Mais uma da ISACA. Enquanto o CISA é focado em auditoria de sistemas, o CISM é focado no gerenciamento da segurança da informação dentro das empresas.

A prova tem 200 questões que vão medir as habilidades do candidato no desenvolvimento e gerenciamento de programas de segurança da informação, além de sua capacidade de gestão de respostas a incidentes de segurança que venham a ocorrer.

Aqui também há a necessidade de comprovar 5 anos de experiência na área e, claro, esta Certificação é um grande diferencial para quem busca um posto executivo ou estratégico na empresa quando se fala em Segurança.

CEH – Certified Ethical Hacker

Partindo para o lado técnico, chegamos à Certified Ethical Hacker, da EC-Council (International Council of Electronic Commerce Consultants).

Profissionais certificados como CEH são os chamados white hats, ou seja, eles possuem o conhecimento operacional das técnicas e ferramentas de hacking para trabalhar do lado legal da segurança.

Estes profissionais são capacitados para encontrar vulnerabilidades, explorar sites e encontrar fraquezas para que as empresas onde trabalham se protejam de ataques maliciosos externos (ou internos).

A prova do CEH é mais curta: possui 125 questões “apenas”. E para receber o título de CEH você deve comprovara, no mínimo, 2 anos de experiência prévia em Segurança da Informação.

CompTIA Security+

Mais uma Certificação globalmente conhecida: a Security+. Ela serve como benchmark para várias práticas de segurança e quem carrega esse diferencial no currículo estará bem cotado em qualquer mercado do mundo.

Esta certificação é oferecida pela CompTIA (Computing Technology Industry Association) e entrega ao profissional certificado um conhecimento geral (vendor-neutral) da segurança como um todo, cobrindo o essencial da segurança de rede, gestão de riscos, criptografia, gerenciamento de identidades, segurança de sistemas e de sistemas organizacionais.

Muitos profissionais fazem do Security+ um primeiro passo preparatório para o CISSP e para a criação de uma carreira de sucesso em Segurança da Informação.

Fonte: CBSI
Tecnologia do Blogger.