Campus Party Bahia

Ads Top

Como a computação na nuvem tornou-se imprescindível



Como a computação na nuvem tornou-se imprescindível
(Como a computação na nuvem tornou-se imprescindível)
O mercado de Tecnologia da Informação (TI) é um dos que mais crescem atualmente. Levantamento da International Data Corporation Brasil (IDC Brasil) aponta, que mesmo em um cenário econômico recessivo, o segmento de Cloud Computing (computação em nuvem) deverá movimentar cerca de R$ 890 milhões em 2017, o que representa um avanço de 20% em relação ao ano anterior.

A atual situação da economia pode ser um dos motivos para a popularização do Cloud Computing, que permite a redução de custos operacionais para empresas de todos os portes, incluindo as grandes companhias, uma vez que 48 dos negócios listados na Fortune Global 50 anunciaram adoção de tecnologia desse tipo em 2017. São muitas possibilidades em seu uso. A nuvem pode ser pública, atrelada ao prestador de serviço e dividida com outros clientes; ou privada, que atendem companhias de forma exclusiva, e até híbrida.

Porém, é preciso ter alguns cuidados para fazer bom uso da aplicação. Cláudio Santos, CEO da Santo Digital, referência em Google Cloud e G-Suite, acredita que uma consultoria especializada seja um bom caminho. “Isso permitirá a aceleração da implantação do sistema, pois avalia toda a infraestrutura de TI dos clientes e dá suporte na criação do roadmap para adoção segura de Cloud. As consultorias têm foco em resultados rápidos e assertivos para seus clientes, independentemente do estágio de adoção e transformação em Cloud.”

Agilidade e redução de custos são destaque

Desde 2015, a Nimbi, startup de tecnologia com foco em soluções para a cadeia de suprimentos, tem o Cloud em seu DNA. “Nosso portfólio é 100% na nuvem”, diz Agustín Durán, sócio-diretor da Nimbi, que significa o plural de “nuvem” em latim. “A agilidade e simplicidade no acesso às informações são essenciais ao cliente, principalmente no processo de gestão da cadeia de fornecedores, que acontece de forma transversal nas empresas e precisa ser eficiente e seguro em todas as etapas”, explica o executivo.

Para a BgmRodotec, com mais de 35 anos de experiência no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas com foco na gestão de empresas de transporte, a possibilidade da redução dos custos e o ganho na aplicabilidade são benefícios que conquistam novos negócios. “Temos casos reais de clientes que antes de migrar para nossa solução em nuvem utilizavam três servidores de TI, e agora precisam apenas de uma boa conexão de internet e computador atualizado”, aponta Lauro Freire, sócio-fundador da BgmRodotec.

Tecnologias disruptivas ganham segurança com a Cloud Computing

Para Rafael Cichini, CEO da Just, empresa que desenvolve produtos e serviços digitais, o Cloud Computing já não é o futuro, mas sim o presente da tecnologia digital. “Uma de suas principais características é possibilitar agilidade para inovação no desenvolvimento de produtos e serviços digitais. A implementação do software pode ser feita de forma automatizada, escalável, ágil e segura, além de permitir validar ideias e uma análise profunda e contínua das necessidades do usuário em uma velocidade muito maior. Além disso, quando falamos em nuvem também falamos em estar pronto para gerar experiências omnichannel de forma muito mais simples.”

Em maio, um vírus foi responsável pela infecção de mais de 200 mil computadores por meio de protocolos de rede tradicionais em máquinas com o Windows desatualizado. Para Leonardo Santos, CEO da Semantix, especialista em Big Data, Inteligência Artificial e IoT, a segurança no cloud deveria ser a menor das preocupações. “Todos os serviços de Cloud Computing possuem mecanismos que permitem a criação de clouds híbridas, ou seja, redes privadas de alta performance e segurança que atuam em conjunto das redes locais das empresas. Isso permite que seja possível ver as máquinas que estão na nuvem como se estivessem na rede local. Além disso, existem mecanismos de proteção que podem preservar a infraestrutura do cloud por meio de firewalls inteligentes.”

A tendência para o setor de tecnologia é que os serviços disponíveis por meio de clouds sejam cada vez mais utilizados, tendo em vista a praticidade, usabilidade e segurança que podem oferecer para operações e empresas de todos os tamanhos e setores, independentemente das particularidades.

Fonte: nbpress
Tecnologia do Blogger.