quinta-feira, 20 de julho de 2017

Dicas de planejamento para as empresas virtuais

Dicas de planejamento para as empresas virtuais
(Dicas de planejamento para as empresas virtuais)
Planejamento: Qual a importância na solução dos problemas das empresas?

Quando se trata da mensagem que desejam passar ao seu público-alvo, a maioria das empresas tem pontos de atenção. Para que esse processo seja feito de forma eficaz, é preciso planejamento estratégico. Um bom profissional da área deve saber identificar o problema na comunicação do cliente e trazer a solução.

O primeiro passo para que isso aconteça é fazer o diagnóstico da marca. Para isso, deve-se pesquisar tudo o que envolve o universo dela, a fim de organizar, mapear e identificar onde estão os gargalos para estabelecer novos direcionamentos. Se há uma dificuldade em vendas, por exemplo, é comum ouvir que “o problema é não vender o que se espera”. No entanto, é necessário compreender por que a loja virtual não vende muito e questionar se o produto é bom, se o preço está de acordo com o mercado, se as pessoas têm boa percepção da empresa, se a equipe de atendimento está bem treinada. Esses pontos têm tanto impacto na transmissão da mensagem e em seu retorno quanto uma segmentação errada do Google. 

Feito isso, é o momento de encontrar as soluções. Estudar cases de sucesso, tendências e o comportamento dos consumidores, tanto do segmento como da marca. Tendo tudo isso em mãos, é hora de buscar novas ideias, insights e recursos para ajudar o negócio a se posicionar e conquistar o resultado almejado. Como diria o publicitário Júlio Ribeiro: “que essas soluções sejam mágicas”, assim agradam tanto o público-alvo, como também os diversos setores da empresa como o marketing e até o financeiro.


Inovar também é uma saída válida. Entretanto, para isso, a marca deve fazer o básico muito bem. Para exemplificar, a empresa pode querer entrar no Omnichannel – tendência do varejo que converge os canais de vendas utilizados por uma empresa –, mas ter uma péssima loja online. O resultado não será o esperado e pode até ser frustrante. O ideal é pensar longe, ser disruptivo, mas sempre fazer a lição de casa antes. Dessa forma, a iniciativa vai trazer ótimos resultados.

Dica: Felipe Morais - Coordenador do MBA de Marketing Digital 

Compartilhe