segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Dica: Como permanecer protegido nas redes sociais.

Dica: Como permanecer protegido nas redes sociais
(Dica: Como permanecer protegido nas redes sociais)
O laboratório de Investigação da ESET América Latina compartilha as seguintes dicas para ajudar os usuários a permanecerem protegidos nas redes sociais:

Veja também: Segurança digital: cinco armadilhas da Internet que você deve evitar

1. Atualize o software e mantenha os dispositivos seguros: o sistema operacional e as aplicações, bem como todos os softwares (especialmente os navegadores) devem estar atualizados. Além disso, para manter os cibercriminosos longe, é necessário usar uma solução de segurança completa e confiável tanto no computador como em dispositivos móveis.

2. Use senhas fortes: esta prática não se aplica somente às redes sociais, mas também à internet em geral. As senhas devem ser fortes, robustas e únicas, de modo que não sejam repetidas em diferentes serviços. Tenha em mente que você não precisa se preocupar em lembrar de todas, já que você pode usar um gerenciador de senhas para evitar problemas de segurança.

3. Revise as configurações da conta: a prioridade ao criar um novo perfil é rever as opções de segurança e privacidade oferecidas pelo serviço e configurá-las corretamente. Certifique-se de que as postagens sejam visíveis apenas para amigos próximos ou para o público-alvo, e não para qualquer pessoa. Se você adicionar detalhes ao perfil, como dados pessoais, uma boa opção é ocultá-los de estranhos e possíveis golpistas para que eles não possam utilizar estes dados.

4. Pense duas vezes antes de publicar: mesmo que você mantenha a maior privacidade possível nas configurações, as capturas de tela, postagens ou mensagens do perfil podem acabar sendo espalhadas na web por alguém em quem você confía, caso essa pessoa tenha más intenções. Portanto, sempre pense novamente antes de publicar um texto, foto, opinião, mensagem pessoal ou vídeo. Uma vez online, será difícil removê-lo completamente.

5. Regra geral: seja cético: "Se algo parece bom demais para ser verdade, provavelmente não é". Então, se alguém oferecer um carro novo, computador ou smartphone em troca de informações confidenciais como data ou local de nascimento, documento ou telefone, é provável que seja uma armadilha. É importante manter a privacidade de seus dados confidenciais e, antes de fornecê-los em algum lugar ou participar de sorteios e concursos, verifique sua autenticidade.

6. Evite estranhos: o ciberespaço pode fornecer anonimato e "camuflagem" aos cibercriminosos, permitindo que manipulem suas vítimas para realizarem ações que elas normalmente não aceitariam. Para ficar protegido, você deve limitar o número de pessoas que podem te contactar e, se possível, interagir apenas com aquelas que realmente conhece.

Para obter mais informações, visite o portal de notícias da ESET.

Compartilhe